Vale do Ivinhema Agora
Região Saúde

Avanço da vacinação contribui para estabilidade da Covid em MS

Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

 

A maioria dos indicadores analisados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostram o cenário de estabilidade da Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o boletim epidemiológico Covid desta quarta-feira (28) o Estado acumula 354.221 casos confirmados desde o início da pandemia. Neste mesmo período, o total de pessoas que não resistiu às complicações da doença foi de 8.893.

Com 1.060 novos casos registrados no boletim epidemiológico desta quarta-feira, a média móvel registra leve aumento de 609 para 634 novos casos na última semana.

“Estamos oscilando com relação ao número de casos. O que nós temos de concreto? Que o vírus está aí. E nós temos que fazer a nossa parte, e nos prevenir. Estamos estáveis na média móvel com relação aos últimos 21 dias, mas uma média alta que temos que baixar”, destacou a secretária adjunta da SES, Christinne Maymone.

Os municípios com maior número de confirmados são Campo Grande (+545), Três Lagoas (+73), Dourados (+72), Corumbá (+62) e Chapadão do Sul (+36).

Nos últimos três dias a taxa de contágio tem se mantido em 0.87, porém, vale lembrar que há dez dias atingiu o recorde histórico de 0.82, sinalizando leve aumento da transmissibilidade.

Dos casos ativos no Estado 599 são pacientes internados em leitos clínicos (262) e de Unidade de Terapia Intensiva (337). A taxa de ocupação de leitos de UTI/SUS está em 80% em Campo Grande e Dourados, 63% em Três Lagoas e 59% em Corumbá. Enquanto isso, a fila de espera conta com 24 pacientes na lista de espera na regulação de Campo Grande e 2 na Central de Regulação do Estado.

http://www.ms.gov.br/wp-content/uploads/sites/150/2021/07/taxa-contagio-2.png

Nesta quarta também foram confirmados mais 23 óbitos por complicações da Covid em dez municípios do Estado: Campo Grande (+12), Aquidauana (+2), Ponta Porã (+2), Anastácio (+1), Cassilândia (+1), Deodápolis (+1), Jardim (+1), Rio Brilhante (+1), Sidrolândia (+1) e Terenos (+1). A média móvel de mortes está em 20,6 e a taxa de letalidade está em 2,5%.

Conforme o Boletim Covid, existem 1.599 amostras em análise no Lacen e laboratórios parceiros, e outros 8.093 casos sem encerramento pelos municípios.

Com relação às vacinas, o diretor de Saúde e Assessor Técnico do Corpo de Bombeiros Militar na SES, coronel Marcelo Fraiha, comemorou as boas notícias relacionadas à vacinação no Estado, e destacou que os novos carregamentos desta semana vão totalizar 112.660 novas doses para Mato Grosso do Sul.

http://www.ms.gov.br/wp-content/uploads/sites/150/2021/07/vacinometro.png

Ele destacou ainda o ranking vacinômetro que mostra que todos os 79 municípios estão acima de 90% na aplicação das doses enviadas. “Mato Grosso do Sul tem essa estratégia de sermos céleres na distribuição e também na aplicação das doses”, destacou.

De acordo com o Vacinômetro, Mato Grosso do Sul já conta com 31,85% da população do Estado vacinada com duas doses ou com dose única.

Todos os detalhes do Boletim Covid desta quarta-feira, 28 de julho, podem ser conferidos aqui.

Mireli Obando, Subcom

Foto: Saul Schramm

Related posts

PM de Deodápolis prende homem por posse irregular de arma de fogo

Anaurelino Ramos

Argentina irá reabrir fronteiras para brasileiros e deixar de exigir máscaras ao ar livre

Anaurelino Ramos

Ex-prefeito de Maracaju tem prisão decretada por desvio de R$ 23 milhões

Anaurelino Ramos

Deixe um Comentário