Vale do Ivinhema Agora
Região Saúde

Batayporã: secretaria de Saúde presta contas das ações de combate à Covid-19

Foto: PMB/CMS

Prestação de contas foi realizada ao Conselho Municipal de Saúde

 

Assessoria PMB, PMB

Membros do Conselho Municipal de Saúde de Batayporã se reuniram nesta semana para avaliar contas e planejar ações para a saúde pública do município. Assuntos como as medidas e recursos investidos para prevenir e combater a pandemia em face da Covid-19 pautaram parte da reunião.

Durante o encontro, a titular da Secretaria Municipal de Saúde, Marcela Leite, prestou contas sobre os recursos advindos para o enfrentamento do novo coronavírus, que até o momento somam o montante de R$ 974.908,30.

Segundo a Gestora, o recurso foi investido com as diversas ações que a Secretaria tem desenvolvido nesse período de pandemia, como a contratação de profissionais para atuar no Centro de Triagem, aluguel de tenda para comportar o Centro de Triagem, aquisição de testes rápidos e materiais hospitalares, entre outros.

Marcela ressaltou que as informações sobre gestão dos recursos públicos relacionados à pandemia encontram-se no Portal de Transparência da Prefeitura de Batayporã, com link específico “Covid-19”.

“Com essa ferramenta, formatada de maneira bastante clara e objetiva, de modo a ser de fácil compreensão por toda a população, a própria sociedade poderá atuar no controle das prestações de contas dos recursos e, a partir disso cobrar dos gestores mais transparência no gerenciamento dos recursos públicos”, afirmou a Secretária.

A Gestora em Saúde ainda destacou que uma série de medidas estão sendo tomadas a fim de assegurar o afastamento social, conforme orientam a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e a Organização Mundial da Saúde (OMS). “A manutenção do isolamento social segue como método mais eficaz na prevenção à pandemia”, ratificou.

Mesmo tendo as atenções voltadas à pandemia, os conselheiros cobraram informações relacionadas ao combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. Ocasião em que o conselheiro e Coordenador Municipal de Vigilância Sanitária, Anderson Tolotti, apresentou um relatório com todas as ações realizadas nesse ano e o cronograma a ser executado.

“O período de quarentena em virtude do novo coronavírus é o momento ideal para também se prevenir da dengue. Geralmente as pessoas diziam que não cuidavam do próprio imóvel por falta de tempo. Agora, considerando a quarentena, esse argumento cai por terra. É hora de agir e cuidar de casa, fazendo dela um ambiente seguro”, pontuou Tolotti.

Cabe ressaltar que os Conselhos de Saúde têm competência legal de definir a política de saúde local. Conforme o artigo 2º, da Lei 8142/90, que regula as entidades: “O Conselho de Saúde, em caráter permanente e deliberativo, […] atua na formulação de estratégias e no controle da execução da política de saúde na instância correspondente, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros, cujas decisões serão homologadas pelo chefe do poder legalmente constituído em cada esfera do governo”.

Related posts

Deputado anuncia parceria para modernizar Hospital Regional de Nova Andradina

Anaurelino Ramos

Melhoria em sinal de internet para Projovem é cobrada na Câmara de Nova Andradina

Anaurelino Ramos

Defesa Civil alerta para perigo potencial de vendaval nesta quarta-feira

Anaurelino Ramos

Deixe um Comentário