Vale do Ivinhema Agora
Região Saúde

Com aumento de 30% nas internações em dez dias, leitos voltarão a ser ativados

Número de internações que tinha caído na última semana voltou a subir consideravelmente

Por: Correio do Estado

Número de internados, em leitos clínicos e de UTI, em Mato Grosso do Sul chega a 296 nesta sexta-feira (20). No dia 11 de novembro, este número era de 208, aumento de quase 30% em um intervalo de dez dias.

De cordo com o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, as secretarias de saúde do Estado e do município de Campo Grande decidiram em reunião de hoje, reativar leitos hospitalares que tinham sido desativados.

No anúncio, feito em transmissão ao vivo para anunciar o boletim epidemiológico, não foi especificado quais unidades serão reativadas.

Em 6 de novembro, eram registradas 266 pessoas nos leitos clínicos e de UTI. O número que havia caído no dia 11, cresceu e superou o índice registrado há duas semanas atrás.

“A doença está muito presente, não só no nosso Estado, mas no Brasil. Há um avanço da doença nesses últimos dias, já está se expressando no número de exames que estamos fazendo, há um recorde substantivo da coleta de testes em todas as cidades, principalmente na Capital”, lamentou.

Nas últimas 24 horas, 536 exames deram positivos para a doença, totalizando 90.765 casos confirmados no Estado. Em isolamento domiciliar estão 6.158 pessoas, enquanto 82.598 estão recuperadas.

Dos 296 internados, 171 estão em leitos clínicos, sendo 98 na rede pública e 73 na rede privada e 125 em leitos de UTI, com 75 na rede pública e 50 na rede privada.

“Tem uma parte expressiva da nossa população que está levando a vida como se a pandemia não existisse, mas ela está muito presente. Nós entendemos que vai passar, temos tido notícias positivas das vacinas nos últimos dias e acreditamos que a partir de janeiro do ano que vem ela possa chegar aqui. Mas enquanto não chegar, precisamos priorizar as regras de biossegurança, não existe outro medicamento a não ser esse que estamos indicando”, enfatizou.

Óbitos

De ontem para hoje, oito pessoas foram a óbito em decorrência da Covid-19. O Estado registra agora 1.713 mortes pela doença.

Do total, 4 foram em Campo Grande, de pessoas com idades entre 48 e 91 anos. Dourados, Paranaíba, Nova Andradina e Três Lagoas registraram um óbito cada, de pessoas com idades entre 56 e 86 anos.

Related posts

Suspeito de ter matado cão a tiros é preso por posse ilegal de arma

Anaurelino Ramos

Taxa de contágio volta a subir no MS, e chega a 1.03

Anaurelino Ramos

Coronavírus em MS ultrapassa 99 mil pessoas infectadas, com mais de 10 mil novos casos em novembro

Anaurelino Ramos

Deixe um Comentário