Vale do Ivinhema Agora
Região

Prefeito entrega licença ambiental de instalação e operação para proprietários do Condomínio Pescara

COGECOM,

 

O prefeito Gilberto Garcia entregou nesta quarta-feira (22) a licença preliminar ambiental de instalação e operação aos proprietários do Condomínio Pescara, loteamento que será construído às margens do Rio Ivinhema. Nos próximos dias, outro empreendimento similar, o Marinas do Ivinhema, também obterá a certificação.

Os projetos foram avaliados pela equipe técnica das Secretarias Municipais de Infraestrutura e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, representadas neste ato pelos responsáveis pela pasta Julio Cesar Castro Marques e Hernandes Ortiz.

Cb image default
Divulgação

Estiveram presentes na reunião realizada na Sala anexa ao gabinete municipal, Marcia Bortoletto e Antonio José Ribeiro, proprietários do Condomínio Pescara; Rafael da Silva Doimo, representantes do empreendimento Marinas do Ivinhema, o engenheiro responsável pelos dois condomínios, Rodrigo Costa e o assessor especial do governo do estado de MS, Márcio Pezão.

Segundo informações do investidor Antonio Ribeiro, a aprovação do processo administrativo, que tramitava há mais de três anos na Prefeitura, só foi possível a partir do esforço conjunto do poder executivo – setor de engenharia e meio ambiental – e legislativo, que atuaram juntos para regulamentar os condomínios fechados na beira do rio.

Cb image default
Divulgação

“Somos o primeiro condomínio fechado de pesca, lazer, piscina e lago naturais e casa de campo com uma rampa de acesso ao rio Ivinhema de 400 metros, totalmente legalizado no Vale do Ivinhema. O projeto é bem espelhado nas regiões turísticas do país, em especial de Bonito-MS, que só vem a engrandecer o lazer e o turismo na região”, explicou o empreendedor.

Em vias de obter a documentação ambiental, o responsável pelo Marinas do Ivinhema, Rafael Doimo, destacou a importância da regularização junto aos órgãos municipais competentes. “O empreendimento é um dos pioneiros do estado de MS. Hoje já estão instalados 50 ranchos com toda infraestrutura e de acordo com os ditames legais. A partir dessa aprovação junto ao poder público vamos poder comercializar os 140 lotes de forma totalmente regularizada e oferecer mais segurança jurídica aos nossos clientes”, completou Rafael.

O prefeito Gilberto Garcia chamou a atenção para o caráter legalizado dos empreendedores, capacidade técnica e o rigoroso cumprimento da legislação que a atividade econômica exige para obter as licenças. “A legalização é importante para atestar que o empreendimento não está gerando nenhum impacto negativo ao meio ambiente. Além disso, as atividades de pesca e lazer serão regularizadas, permitindo o desenvolvimento do lazer e do turismo às margens do Rio Ivinhema. Sem dúvida, é a realização de um sonho de muitas décadas”.

Related posts

Suspeito de tentativa de homicídio é preso em Nova Andradina

Anaurelino Ramos

Tamanduá-bandeira aparece em marcenaria no centro de Batayporã

Anaurelino Ramos

Nova Andradina: 6 vão parar na delegacia por violência doméstica e descumprimento de media protetiva

Anaurelino Ramos

Deixe um Comentário