Vale do Ivinhema Agora
Educação

UFMS encerra subprojeto de História do Programa Residência Pedagógica

Curso de História, Residência Pedagógica e Núcleo Museu da Pessoa na Escola Estadual Professora Fátima Gaiotto Sampaio

Clique na foto para aumentar

Encerramos nesse início de abril as atividades do subprojeto de História do Programa Residência Pedagógica que iniciou em outubro de 2020 e contou, ao longo desse tempo, com 11 residentes do curso de História/CPNA, entre bolsistas e voluntários/as (Larissa Ezídio da Silva, Érica Bueno Vieira Jardim, Gabriel Henrique Oliveira Santos, Nayara Leão Oliveira, Gilberto Alves Barbosa, Priscila Aponucena Lima, Nayara Queiroz Machado da Silva, Keila Cristina Cavalcante Toledo, Manuel Augusto dos Santos Porto, Rodrigo da Silva Souza e Wislaine Rodrigues da Silva). O Programa Residência Pedagógica foi orientado no campus pela Professora Dulceli de Lourdes Tonet Estacheski e foi desenvolvido na Escola Estadual Professora Fátima Gaiotto Sampaio, de início com o professor preceptor Claudinei Araújo dos Santos e na sequência pela professora preceptora Maria Ivone Defaveri Araújo.

Uma das atividades desenvolvidas foi a implementação do Núcleo Museu da Pessoa na Escola, projeto proposto pelo Museu da Pessoa, um museu virtual que reúne histórias de vida. No Núcleo da Escola optou-se pelas histórias de sujeitos da escola, de pessoas que dela fazem parte.

Cinco pessoas foram entrevistadas entre funcionários/as, docentes e gestores/as e também foram desenvolvidas atividades com estudantes do Ensino Médio para que narrassem suas trajetórias de vida e na escola.

Ao final foram elaborados livretos com as histórias das pessoas entrevistadas e esses materiais ficarão na biblioteca da escola onde, em uma de suas paredes, foi pintado um mural com os rostos das pessoas e frases ditas por elas nas entrevistas. Um curta metragem sobre as pessoas entrevistadas e suas experiências com a escola foi também desenvolvido e ficará disponível nas redes sociais da escola.

A experiência foi positiva para todas as pessoas envolvidas, contar as histórias, ouvir as histórias, elaborar narrativas a partir delas é um aprendizado importante. Trata-se de dar sentido às experiências e de compreender o significado da escola para diferentes pessoas. O Núcleo Museu da Pessoa da Escola continuará desenvolvendo atividades, fazendo mais entrevistas e registrando mais histórias de pessoas.

Related posts

Locação de imóvel para atender alunos da Martinho Marques vai custar quase R$ 120 mil para o Estado

Anaurelino Ramos

PF faz operação para prender ex-ministro da Educação e pastores por esquema de liberação de verba

Anaurelino Ramos

Rua ao lado de quadra poliesportiva será fechada e integrada à Escola Anizio em Batayporã

Anaurelino Ramos

Deixe um Comentário