Vale do Ivinhema Agora
Saúde

Batayporã: Medicamentos vencidos leva MP fazer recomendação à Secretaria de Saúde

O Ministério Público Estadual do Mato Grosso do Sul, através da Promotoria de Justiça da Comarca de Batayporã (MS), oficializou recomendações expressa à Secretária de Saúde Marcela Leite Macedo, datada no dia 28 de fevereiro.

No documento, a Promotora de Justiça, Bianka M.A Mendes, alerta ter chegado ao seu conhecimento, a existência de alguns medicamentos vencidos no Posto de Saúde.

Feita uma inspeção foi confirmada a denúncia chegada até ao MP, dando conta que alguns medicamentos de fato, estavam com a dada de validade vencida, e levando em conta que, a qualidade dos remédios tem que ser garantida da fabricação até expedição aos pacientes, o órgão ministerial tomou as devidas providências.

Regularização

Por recomendação do Ministério Público, a Secretária de Saúde, terá que promover a regularização do estoque, e passe a realizar um levantamento mensal do fornecimento de medicamentos.

A pasta inclusive vai ter que prevê a necessidade com o fornecimento das farmácias. Recomenda que a Secretaria passa a fazer o inventário do almoxarifados das farmácia.

Planilha

O Ministério Público, também recomendou a criação de uma planilha, com a finalidade de movimentação dos medicamentos, facilitando assim um melhor controle dos medicamentos fornecidos.

Passe a efetuar um controle dos lotes, podendo mesmo ser um caderno. Ele apontará a data de vencimento, fazendo com que em um prazo de 120 dias, possa remanejar os lotes e tomar as providências cabíveis.

O Ministério Público também orientou a Secretaria de Saúde a manter os medicamentos que exige refrigeração, permanecer com a temperatura ideal.

E por fim, a Promotora, concedeu ainda, um prazo de trinta dias, para que a Secretária Marcela Leite apresente as quais as medidas que foram adotadas, e desta forma dando ciências de a recomendação e orientações foram acatadas. (Vale do Ivinhema Agora)  

Related posts

Agosto já passa metade dos números de casos notificados em julho no Estado

Anaurelino Ramos

Com quase 600 óbitos, Estado confirma mais 875 infectados pela Covid

Anaurelino Ramos

Médico Sem Fronteiras é novo parceiro no combate da Ccovid-19 em aldeias de MS

Anaurelino Ramos

Deixe um Comentário