Vale do Ivinhema Agora
Polícia

Ganhador de prêmio da Lotofácil acusa funcionária de lotérica de ter ficado com bilhete premiado

Um homem de 65 anos, morador em Nova Andradina (MS), procurou a 1ª Delegacia de Polícia, onde registrou um Boletim de Ocorrência de Preservação de Direito.

Aos policiais, a vítima contou que, fez um jogo da Lotofácil e esse, teria sido um dos bilhetes premiados, com a quantia de R$ 23.980,00. A aposta foi realizada em um loja no centro da cidade.

Ocorre que, ao fazer a conferência, o apostador, disse que a atende da casa lotérica acabou ficando com um dos seus bilhetes, por conhecidência o premiado.

Gerencia da Casa Lotérica

Diante da situação em que se viu envolvido, a vítima procurou a gerência da casa de jogos.

Após repassar a situação e o ocorrido, à gerência orientou o apostador a registrar um Boletim de Ocorrência.

A casa, também informou a vítima que a funcionária em questão, que pode ter atendido o apostador era novata no emprego.

O caso agora, muito provavelmente, será investigado pelo setor competente da Polícia Civil. (Vale do Ivinhema Agora)  

Related posts

Idoso de 70 anos oferecia doces e refrigerantes para estuprar adolescentes em fazenda

Anaurelino Ramos

Operações com inteligência de mapeamento são realizadas em Mato Grosso do Sul

Anaurelino Ramos

Alerta de temporais em todo Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira

Anaurelino Ramos

Deixe um Comentário