Vale do Ivinhema Agora
Política

Por causa de áudio no whatsapp Cabo Máximo e Germino batem boca em sessão

Os vereadores Cabo Máximo (MDB) e Germino da Roz (PR), polemizaram na sessão ordinária da Câmara de Batayporã (MS), realizada ontem, segunda-feira (11).

O motivo do bate-boca foi um áudio que circulou em um grupo de wattsapp no final de semana.

No áudio, um morador atacou os vereadores Cacildo Paião (PTB), Denise Pesqueira (PDT) e o próprio Germino da Roz ()PR).

O autor também não poupou criticas ao assessor de projeto da Prefeitura, Sidinei Olegário.

Motivo

O motivo das críticas do morador foi  cobranças feitas pelos vereadores contra uma empresa que vem prestando serviços na cidade.

Os edis, colocaram em xeque a qualidade dos serviços que uma empresa vem prestando na implantação de galerias.

Essas galerias estão sendo implantadas nas ruas da Vila Militar e também em outros bairros da cidade.

Defendendo a empresa

No áudio, o morador defende a empresa, dizendo que ela não tem culpa pelos transtornos causados aos moradores.

Raça inútil

O morador ataca os vereadores acima citados e o assessor de projeto da Prefeitura.

O autor atribuiu aos vereadores ser eles de a uma raça inútil e a um povo desgraçado.

Cabo Máximo elogia fala do autor do áudio

Depois de elogiar fala de morador em áudio, Cabo Máximo é chamado as falas na Câmara de Vereadores (Fotos: Anaurelino Ramos)

O motivo da desavença, do bate-boca entre Cabo Máximo e Germino da Roz, foi o elogio feito pelo vereador do MDB ao autor do áudio.

Germino cobrou uma posição do líder do Prefeito, quando foi questionado e interpelado por Cabo Máximo.

O bate-boca esquentou, levando o presidente da Câmara, vereador Cícero Leite, a suspender a sessão por alguns minutos.

Acalmados os ânimos a sessão foi retomada. Quando os dois edis voltaram a se enfrentar e debater. Cabo Máximo disse que não se poderia levar em conta o que se fala em rede social.

Mas Germino da Roz, não aceitou e disse que a função do vereador é cobrar e fiscalizar as empresas. Principalmente as empresas que prestam serviços na cidade, sejam de fora.

Pois entregam um serviço mal feito e vão embora, deixando o município no prejuízo. (Vale do Ivinhema Agora)

Related posts

Batayporã: Germino visitou a Vila Mustafá nesta quarta-feira (21)

Anaurelino Ramos

TSE estabelece protocolo para dia da votação

Anaurelino Ramos

Justiça Eleitoral já impediu 153 candidaturas em Mato Grosso do Sul

Anaurelino Ramos

Deixe um Comentário